CORP - Coreference Resolution for Portuguese

Main Content

versão XML ( Download)

Seja um poodle ou um pitbull , um cocker spaniel ou um dinamarquês , o seu cachorro e os de os seus amigos têm [uma origem comum [6]] : todos eles descendem de [lobos [8]] domesticados por [a primeira vez [9]] em [o leste [6]] de a Ásia , há possivelmente [meros 15 mil anos [11]] . [Meros [11]] porque esse período é muito curto em [termos [9]] de evolução . Os primeiros animais aparentados com [os cachorros modernos [15]] os primeiros canídeos , foram identificados em [fósseis [17]] [17]] de 37 milhões de [anos [18]] [18]] achados em [a América_do_Norte [19]] e aparecem em a forma de fósseis em [a Europa [21]] há 7 milhões de anos . Apesar_de [os lobos [8]] já estarem em [o continente americano [22]] há dezenas de milhares de [anos [18]] , [os cachorros modernos [15]] só fizeram [a viagem de volta de a Eurásia a [as Américas [25]] [25]] entre 12 mil e 14 mil anos atrás , acompanhando levas migratórias humanas . [Dois estudos sobre [o material genético [29]] de os cães [28]] publicados hoje em [a revista [30]] [Science [30]] ( [www.sciencemag.org [30]] ) revelaram que , diferentemente de o que indicavam [os achados arqueológicos [31]] , [os primeiros cães domésticos [32]] surgiram em o Extremo_Oriente , e não em [o Oriente_Médio [34]] . E que , apesar_da a sua longa permanência em [as Américas [25]] , a grande maioria de [os cães [32]] de [o continente [22]] veio mesmo de [a Europa [21]] depois de [a descoberta [31]] de Cristóvão_Colombo , em 1492 . [Um de os estudos , [28]] feito por [cientistas suecos e chineses [39]] , envolveu [a análise de [o DNA [41]] de [cachorros [15]] de várias partes de o planeta [40]] . A equipe de Peter_Savolainen , de o Instituto_Real_de_Tecnologia , de Estocolmo , Suécia , constatou que [a diversidade genética [49]] era maior entre [os cães [32]] de o leste asiático . Isso indicaria que [a domesticação [52]] ali seria mais antiga , apesar_de mais fósseis de [cães domésticos [32]] terem sido achados em [o Oriente_Médio [34]] . Como também havia lobos [selvagens [29]] em [as Américas [25]] antes de [a chegada [6]] de os humanos , outros cientistas quiseram testar as hipóteses de como e quando teria ocorrido a [domesticação [52]] em o novo continente . Teria havido uma domesticação independente , ou [os cães [32]] vieram junto com as migrações humanas via estreito de Bering , entre Rússia e Alasca? . Cães indígenas . Jennifer_Leonard , de a Universidade_da_Califórnia em Los_Angeles , e colegas de instituições de o Peru e de o México procuraram verificar o material genético de [raças [6]] de cachorro sabidamente anteriores a [a chegada [6]] de os europeus . [A análise [40]] levou a duas conclusões : primeiro , as raças indígenas são tão parecidas com as asiáticas que permitem supor que [os cães [32]] tenham chegado já domesticados a [o continente [22]] . Depois , havia [diferenças [49]] que indicavam que as raças hoje comuns em [a América [19]] têm mais em comum com [cães [32]] trazidos por os colonos europeus . As diferenças entre as raças caninas atuais de o lulu-da-Pomerânia a o pastor alemão são todas resultados de cruzamentos seletivos em os últimos 500 anos . E todos esses bichos com o nome científico Canis familiaris descendem de [o lobo [8]] o Canis lupus . A rapidez de a disseminação de [os cachorros [15]] com seus donos humanos indica que eles deviam ser particularmente úteis a os primitivos caçadores-coletores . [Os estudos [28]] envolveram análise de [o DNA [41]] de uma estrutura de as células , as mitocôndrias , que é transmitido apenas por [as mães [6]] . Computando semelhanças e [diferenças [49]] , [os cientistas [39]] estimaram que [a domesticação [52]] deve ter ocorrido 15 mil anos atrás , embora também possa ter acontecido antes ( há 40 mil anos ) .
Seja um poodle ou um pitbull , um cocker spaniel ou um dinamarquês , o seu cachorro e os de os seus amigos têm uma origem comum : todos eles descendem de lobos domesticados por a primeira vez em o leste de a Ásia , há possivelmente meros 15 mil anos . Meros porque esse período é muito curto em termos de evolução . Os primeiros animais aparentados com os cachorros modernos os primeiros canídeos , foram identificados em fósseis de 37 milhões de anos achados em a América_do_Norte e aparecem em a forma de fósseis em a Europa há 7 milhões de anos . Apesar_de os lobos já estarem em o continente americano há dezenas de milhares de anos , os cachorros modernos só fizeram a viagem de volta de a Eurásia a as Américas entre 12 mil e 14 mil anos atrás , acompanhando levas migratórias humanas . Dois estudos sobre o material genético de os cães publicados hoje em a revista Science ( www.sciencemag.org ) revelaram que , diferentemente de o que indicavam os achados arqueológicos , [os primeiros cães domésticos [32]] surgiram em o Extremo_Oriente , e não em o Oriente_Médio . E que , apesar_da a sua longa permanência em as Américas , a grande maioria de [os cães [32]] de o continente veio mesmo de a Europa depois de a descoberta de Cristóvão_Colombo , em 1492 . Um de os estudos , feito por cientistas suecos e chineses , envolveu a análise de o DNA de cachorros de várias partes de o planeta . A equipe de Peter_Savolainen , de o Instituto_Real_de_Tecnologia , de Estocolmo , Suécia , constatou que a diversidade genética era maior entre [os cães [32]] de o leste asiático . Isso indicaria que a domesticação ali seria mais antiga , apesar_de mais fósseis de [cães domésticos [32]] terem sido achados em o Oriente_Médio . Como também havia lobos selvagens em as Américas antes de a chegada de os humanos , outros cientistas quiseram testar as hipóteses de como e quando teria ocorrido a domesticação em o novo continente . Teria havido uma domesticação independente , ou [os cães [32]] vieram junto com as migrações humanas via estreito de Bering , entre Rússia e Alasca? . Cães indígenas . Jennifer_Leonard , de a Universidade_da_Califórnia em Los_Angeles , e colegas de instituições de o Peru e de o México procuraram verificar o material genético de raças de cachorro sabidamente anteriores a a chegada de os europeus . A análise levou a duas conclusões : primeiro , as raças indígenas são tão parecidas com as asiáticas que permitem supor que [os cães [32]] tenham chegado já domesticados a o continente . Depois , havia diferenças que indicavam que as raças hoje comuns em a América têm mais em comum com [cães [32]] trazidos por os colonos europeus . As diferenças entre as raças caninas atuais de o lulu-da-Pomerânia a o pastor alemão são todas resultados de cruzamentos seletivos em os últimos 500 anos . E todos esses bichos com o nome científico Canis familiaris descendem de o lobo o Canis lupus . A rapidez de a disseminação de os cachorros com seus donos humanos indica que eles deviam ser particularmente úteis a os primitivos caçadores-coletores . Os estudos envolveram análise de o DNA de uma estrutura de as células , as mitocôndrias , que é transmitido apenas por as mães . Computando semelhanças e diferenças , os cientistas estimaram que a domesticação deve ter ocorrido 15 mil anos atrás , embora também possa ter acontecido antes ( há 40 mil anos ) .
Seja um poodle ou um pitbull , um cocker spaniel ou um dinamarquês , o seu cachorro e os de os seus amigos têm [uma origem comum [6]] : todos eles descendem de lobos domesticados por a primeira vez em [o leste [6]] de a Ásia , há possivelmente meros 15 mil anos . Meros porque esse período é muito curto em termos de evolução . Os primeiros animais aparentados com os cachorros modernos os primeiros canídeos , foram identificados em fósseis de 37 milhões de anos achados em a América_do_Norte e aparecem em a forma de fósseis em a Europa há 7 milhões de anos . Apesar_de os lobos já estarem em o continente americano há dezenas de milhares de anos , os cachorros modernos só fizeram a viagem de volta de a Eurásia a as Américas entre 12 mil e 14 mil anos atrás , acompanhando levas migratórias humanas . Dois estudos sobre o material genético de os cães publicados hoje em a revista Science ( www.sciencemag.org ) revelaram que , diferentemente de o que indicavam os achados arqueológicos , os primeiros cães domésticos surgiram em o Extremo_Oriente , e não em o Oriente_Médio . E que , apesar_da a sua longa permanência em as Américas , a grande maioria de os cães de o continente veio mesmo de a Europa depois de a descoberta de Cristóvão_Colombo , em 1492 . Um de os estudos , feito por cientistas suecos e chineses , envolveu a análise de o DNA de cachorros de várias partes de o planeta . A equipe de Peter_Savolainen , de o Instituto_Real_de_Tecnologia , de Estocolmo , Suécia , constatou que a diversidade genética era maior entre os cães de o leste asiático . Isso indicaria que a domesticação ali seria mais antiga , apesar_de mais fósseis de cães domésticos terem sido achados em o Oriente_Médio . Como também havia lobos selvagens em as Américas antes de [a chegada [6]] de os humanos , outros cientistas quiseram testar as hipóteses de como e quando teria ocorrido a domesticação em o novo continente . Teria havido uma domesticação independente , ou os cães vieram junto com as migrações humanas via estreito de Bering , entre Rússia e Alasca? . Cães indígenas . Jennifer_Leonard , de a Universidade_da_Califórnia em Los_Angeles , e colegas de instituições de o Peru e de o México procuraram verificar o material genético de [raças [6]] de cachorro sabidamente anteriores a [a chegada [6]] de os europeus . A análise levou a duas conclusões : primeiro , as raças indígenas são tão parecidas com as asiáticas que permitem supor que os cães tenham chegado já domesticados a o continente . Depois , havia diferenças que indicavam que as raças hoje comuns em a América têm mais em comum com cães trazidos por os colonos europeus . As diferenças entre as raças caninas atuais de o lulu-da-Pomerânia a o pastor alemão são todas resultados de cruzamentos seletivos em os últimos 500 anos . E todos esses bichos com o nome científico Canis familiaris descendem de o lobo o Canis lupus . A rapidez de a disseminação de os cachorros com seus donos humanos indica que eles deviam ser particularmente úteis a os primitivos caçadores-coletores . Os estudos envolveram análise de o DNA de uma estrutura de as células , as mitocôndrias , que é transmitido apenas por [as mães [6]] . Computando semelhanças e diferenças , os cientistas estimaram que a domesticação deve ter ocorrido 15 mil anos atrás , embora também possa ter acontecido antes ( há 40 mil anos ) .
Seja um poodle ou um pitbull , um cocker spaniel ou um dinamarquês , o seu cachorro e os de os seus amigos têm uma origem comum : todos eles descendem de lobos domesticados por a primeira vez em o leste de a Ásia , há possivelmente meros 15 mil anos . Meros porque esse período é muito curto em termos de evolução . Os primeiros animais aparentados com [os cachorros modernos [15]] os primeiros canídeos , foram identificados em fósseis de 37 milhões de anos achados em a América_do_Norte e aparecem em a forma de fósseis em a Europa há 7 milhões de anos . Apesar_de os lobos já estarem em o continente americano há dezenas de milhares de anos , [os cachorros modernos [15]] só fizeram a viagem de volta de a Eurásia a as Américas entre 12 mil e 14 mil anos atrás , acompanhando levas migratórias humanas . Dois estudos sobre o material genético de os cães publicados hoje em a revista Science ( www.sciencemag.org ) revelaram que , diferentemente de o que indicavam os achados arqueológicos , os primeiros cães domésticos surgiram em o Extremo_Oriente , e não em o Oriente_Médio . E que , apesar_da a sua longa permanência em as Américas , a grande maioria de os cães de o continente veio mesmo de a Europa depois de a descoberta de Cristóvão_Colombo , em 1492 . Um de os estudos , feito por cientistas suecos e chineses , envolveu a análise de o DNA de [cachorros [15]] de várias partes de o planeta . A equipe de Peter_Savolainen , de o Instituto_Real_de_Tecnologia , de Estocolmo , Suécia , constatou que a diversidade genética era maior entre os cães de o leste asiático . Isso indicaria que a domesticação ali seria mais antiga , apesar_de mais fósseis de cães domésticos terem sido achados em o Oriente_Médio . Como também havia lobos selvagens em as Américas antes de a chegada de os humanos , outros cientistas quiseram testar as hipóteses de como e quando teria ocorrido a domesticação em o novo continente . Teria havido uma domesticação independente , ou os cães vieram junto com as migrações humanas via estreito de Bering , entre Rússia e Alasca? . Cães indígenas . Jennifer_Leonard , de a Universidade_da_Califórnia em Los_Angeles , e colegas de instituições de o Peru e de o México procuraram verificar o material genético de raças de cachorro sabidamente anteriores a a chegada de os europeus . A análise levou a duas conclusões : primeiro , as raças indígenas são tão parecidas com as asiáticas que permitem supor que os cães tenham chegado já domesticados a o continente . Depois , havia diferenças que indicavam que as raças hoje comuns em a América têm mais em comum com cães trazidos por os colonos europeus . As diferenças entre as raças caninas atuais de o lulu-da-Pomerânia a o pastor alemão são todas resultados de cruzamentos seletivos em os últimos 500 anos . E todos esses bichos com o nome científico Canis familiaris descendem de o lobo o Canis lupus . A rapidez de a disseminação de [os cachorros [15]] com seus donos humanos indica que eles deviam ser particularmente úteis a os primitivos caçadores-coletores . Os estudos envolveram análise de o DNA de uma estrutura de as células , as mitocôndrias , que é transmitido apenas por as mães . Computando semelhanças e diferenças , os cientistas estimaram que a domesticação deve ter ocorrido 15 mil anos atrás , embora também possa ter acontecido antes ( há 40 mil anos ) .
Seja um poodle ou um pitbull , um cocker spaniel ou um dinamarquês , o seu cachorro e os de os seus amigos têm uma origem comum : todos eles descendem de lobos domesticados por a primeira vez em o leste de a Ásia , há possivelmente meros 15 mil anos . Meros porque esse período é muito curto em termos de evolução . Os primeiros animais aparentados com os cachorros modernos os primeiros canídeos , foram identificados em fósseis de 37 milhões de anos achados em a América_do_Norte e aparecem em a forma de fósseis em a Europa há 7 milhões de anos . Apesar_de os lobos já estarem em o continente americano há dezenas de milhares de anos , os cachorros modernos só fizeram [a viagem de volta de a Eurásia a [as Américas [25]] [25]] entre 12 mil e 14 mil anos atrás , acompanhando levas migratórias humanas . Dois estudos sobre o material genético de os cães publicados hoje em a revista Science ( www.sciencemag.org ) revelaram que , diferentemente de o que indicavam os achados arqueológicos , os primeiros cães domésticos surgiram em o Extremo_Oriente , e não em o Oriente_Médio . E que , apesar_da a sua longa permanência em [as Américas [25]] , a grande maioria de os cães de o continente veio mesmo de a Europa depois de a descoberta de Cristóvão_Colombo , em 1492 . Um de os estudos , feito por cientistas suecos e chineses , envolveu a análise de o DNA de cachorros de várias partes de o planeta . A equipe de Peter_Savolainen , de o Instituto_Real_de_Tecnologia , de Estocolmo , Suécia , constatou que a diversidade genética era maior entre os cães de o leste asiático . Isso indicaria que a domesticação ali seria mais antiga , apesar_de mais fósseis de cães domésticos terem sido achados em o Oriente_Médio . Como também havia lobos selvagens em [as Américas [25]] antes de a chegada de os humanos , outros cientistas quiseram testar as hipóteses de como e quando teria ocorrido a domesticação em o novo continente . Teria havido uma domesticação independente , ou os cães vieram junto com as migrações humanas via estreito de Bering , entre Rússia e Alasca? . Cães indígenas . Jennifer_Leonard , de a Universidade_da_Califórnia em Los_Angeles , e colegas de instituições de o Peru e de o México procuraram verificar o material genético de raças de cachorro sabidamente anteriores a a chegada de os europeus . A análise levou a duas conclusões : primeiro , as raças indígenas são tão parecidas com as asiáticas que permitem supor que os cães tenham chegado já domesticados a o continente . Depois , havia diferenças que indicavam que as raças hoje comuns em a América têm mais em comum com cães trazidos por os colonos europeus . As diferenças entre as raças caninas atuais de o lulu-da-Pomerânia a o pastor alemão são todas resultados de cruzamentos seletivos em os últimos 500 anos . E todos esses bichos com o nome científico Canis familiaris descendem de o lobo o Canis lupus . A rapidez de a disseminação de os cachorros com seus donos humanos indica que eles deviam ser particularmente úteis a os primitivos caçadores-coletores . Os estudos envolveram análise de o DNA de uma estrutura de as células , as mitocôndrias , que é transmitido apenas por as mães . Computando semelhanças e diferenças , os cientistas estimaram que a domesticação deve ter ocorrido 15 mil anos atrás , embora também possa ter acontecido antes ( há 40 mil anos ) .
Seja um poodle ou um pitbull , um cocker spaniel ou um dinamarquês , o seu cachorro e os de os seus amigos têm uma origem comum : todos eles descendem de [lobos [8]] domesticados por a primeira vez em o leste de a Ásia , há possivelmente meros 15 mil anos . Meros porque esse período é muito curto em termos de evolução . Os primeiros animais aparentados com os cachorros modernos os primeiros canídeos , foram identificados em fósseis de 37 milhões de anos achados em a América_do_Norte e aparecem em a forma de fósseis em a Europa há 7 milhões de anos . Apesar_de [os lobos [8]] já estarem em o continente americano há dezenas de milhares de anos , os cachorros modernos só fizeram a viagem de volta de a Eurásia a as Américas entre 12 mil e 14 mil anos atrás , acompanhando levas migratórias humanas . Dois estudos sobre o material genético de os cães publicados hoje em a revista Science ( www.sciencemag.org ) revelaram que , diferentemente de o que indicavam os achados arqueológicos , os primeiros cães domésticos surgiram em o Extremo_Oriente , e não em o Oriente_Médio . E que , apesar_da a sua longa permanência em as Américas , a grande maioria de os cães de o continente veio mesmo de a Europa depois de a descoberta de Cristóvão_Colombo , em 1492 . Um de os estudos , feito por cientistas suecos e chineses , envolveu a análise de o DNA de cachorros de várias partes de o planeta . A equipe de Peter_Savolainen , de o Instituto_Real_de_Tecnologia , de Estocolmo , Suécia , constatou que a diversidade genética era maior entre os cães de o leste asiático . Isso indicaria que a domesticação ali seria mais antiga , apesar_de mais fósseis de cães domésticos terem sido achados em o Oriente_Médio . Como também havia lobos selvagens em as Américas antes de a chegada de os humanos , outros cientistas quiseram testar as hipóteses de como e quando teria ocorrido a domesticação em o novo continente . Teria havido uma domesticação independente , ou os cães vieram junto com as migrações humanas via estreito de Bering , entre Rússia e Alasca? . Cães indígenas . Jennifer_Leonard , de a Universidade_da_Califórnia em Los_Angeles , e colegas de instituições de o Peru e de o México procuraram verificar o material genético de raças de cachorro sabidamente anteriores a a chegada de os europeus . A análise levou a duas conclusões : primeiro , as raças indígenas são tão parecidas com as asiáticas que permitem supor que os cães tenham chegado já domesticados a o continente . Depois , havia diferenças que indicavam que as raças hoje comuns em a América têm mais em comum com cães trazidos por os colonos europeus . As diferenças entre as raças caninas atuais de o lulu-da-Pomerânia a o pastor alemão são todas resultados de cruzamentos seletivos em os últimos 500 anos . E todos esses bichos com o nome científico Canis familiaris descendem de [o lobo [8]] o Canis lupus . A rapidez de a disseminação de os cachorros com seus donos humanos indica que eles deviam ser particularmente úteis a os primitivos caçadores-coletores . Os estudos envolveram análise de o DNA de uma estrutura de as células , as mitocôndrias , que é transmitido apenas por as mães . Computando semelhanças e diferenças , os cientistas estimaram que a domesticação deve ter ocorrido 15 mil anos atrás , embora também possa ter acontecido antes ( há 40 mil anos ) .
Seja um poodle ou um pitbull , um cocker spaniel ou um dinamarquês , o seu cachorro e os de os seus amigos têm uma origem comum : todos eles descendem de lobos domesticados por a primeira vez em o leste de a Ásia , há possivelmente meros 15 mil anos . Meros porque esse período é muito curto em termos de evolução . Os primeiros animais aparentados com os cachorros modernos os primeiros canídeos , foram identificados em fósseis de 37 milhões de [anos [18]] [18]] achados em a América_do_Norte e aparecem em a forma de fósseis em a Europa há 7 milhões de anos . Apesar_de os lobos já estarem em o continente americano há dezenas de milhares de [anos [18]] , os cachorros modernos só fizeram a viagem de volta de a Eurásia a as Américas entre 12 mil e 14 mil anos atrás , acompanhando levas migratórias humanas . Dois estudos sobre o material genético de os cães publicados hoje em a revista Science ( www.sciencemag.org ) revelaram que , diferentemente de o que indicavam os achados arqueológicos , os primeiros cães domésticos surgiram em o Extremo_Oriente , e não em o Oriente_Médio . E que , apesar_da a sua longa permanência em as Américas , a grande maioria de os cães de o continente veio mesmo de a Europa depois de a descoberta de Cristóvão_Colombo , em 1492 . Um de os estudos , feito por cientistas suecos e chineses , envolveu a análise de o DNA de cachorros de várias partes de o planeta . A equipe de Peter_Savolainen , de o Instituto_Real_de_Tecnologia , de Estocolmo , Suécia , constatou que a diversidade genética era maior entre os cães de o leste asiático . Isso indicaria que a domesticação ali seria mais antiga , apesar_de mais fósseis de cães domésticos terem sido achados em o Oriente_Médio . Como também havia lobos selvagens em as Américas antes de a chegada de os humanos , outros cientistas quiseram testar as hipóteses de como e quando teria ocorrido a domesticação em o novo continente . Teria havido uma domesticação independente , ou os cães vieram junto com as migrações humanas via estreito de Bering , entre Rússia e Alasca? . Cães indígenas . Jennifer_Leonard , de a Universidade_da_Califórnia em Los_Angeles , e colegas de instituições de o Peru e de o México procuraram verificar o material genético de raças de cachorro sabidamente anteriores a a chegada de os europeus . A análise levou a duas conclusões : primeiro , as raças indígenas são tão parecidas com as asiáticas que permitem supor que os cães tenham chegado já domesticados a o continente . Depois , havia diferenças que indicavam que as raças hoje comuns em a América têm mais em comum com cães trazidos por os colonos europeus . As diferenças entre as raças caninas atuais de o lulu-da-Pomerânia a o pastor alemão são todas resultados de cruzamentos seletivos em os últimos 500 anos . E todos esses bichos com o nome científico Canis familiaris descendem de o lobo o Canis lupus . A rapidez de a disseminação de os cachorros com seus donos humanos indica que eles deviam ser particularmente úteis a os primitivos caçadores-coletores . Os estudos envolveram análise de o DNA de uma estrutura de as células , as mitocôndrias , que é transmitido apenas por as mães . Computando semelhanças e diferenças , os cientistas estimaram que a domesticação deve ter ocorrido 15 mil anos atrás , embora também possa ter acontecido antes ( há 40 mil anos ) .
Seja um poodle ou um pitbull , um cocker spaniel ou um dinamarquês , o seu cachorro e os de os seus amigos têm uma origem comum : todos eles descendem de lobos domesticados por a primeira vez em o leste de a Ásia , há possivelmente meros 15 mil anos . Meros porque esse período é muito curto em termos de evolução . Os primeiros animais aparentados com os cachorros modernos os primeiros canídeos , foram identificados em fósseis de 37 milhões de anos achados em a América_do_Norte e aparecem em a forma de fósseis em a Europa há 7 milhões de anos . Apesar_de os lobos já estarem em [o continente americano [22]] há dezenas de milhares de anos , os cachorros modernos só fizeram a viagem de volta de a Eurásia a as Américas entre 12 mil e 14 mil anos atrás , acompanhando levas migratórias humanas . Dois estudos sobre o material genético de os cães publicados hoje em a revista Science ( www.sciencemag.org ) revelaram que , diferentemente de o que indicavam os achados arqueológicos , os primeiros cães domésticos surgiram em o Extremo_Oriente , e não em o Oriente_Médio . E que , apesar_da a sua longa permanência em as Américas , a grande maioria de os cães de [o continente [22]] veio mesmo de a Europa depois de a descoberta de Cristóvão_Colombo , em 1492 . Um de os estudos , feito por cientistas suecos e chineses , envolveu a análise de o DNA de cachorros de várias partes de o planeta . A equipe de Peter_Savolainen , de o Instituto_Real_de_Tecnologia , de Estocolmo , Suécia , constatou que a diversidade genética era maior entre os cães de o leste asiático . Isso indicaria que a domesticação ali seria mais antiga , apesar_de mais fósseis de cães domésticos terem sido achados em o Oriente_Médio . Como também havia lobos selvagens em as Américas antes de a chegada de os humanos , outros cientistas quiseram testar as hipóteses de como e quando teria ocorrido a domesticação em o novo continente . Teria havido uma domesticação independente , ou os cães vieram junto com as migrações humanas via estreito de Bering , entre Rússia e Alasca? . Cães indígenas . Jennifer_Leonard , de a Universidade_da_Califórnia em Los_Angeles , e colegas de instituições de o Peru e de o México procuraram verificar o material genético de raças de cachorro sabidamente anteriores a a chegada de os europeus . A análise levou a duas conclusões : primeiro , as raças indígenas são tão parecidas com as asiáticas que permitem supor que os cães tenham chegado já domesticados a [o continente [22]] . Depois , havia diferenças que indicavam que as raças hoje comuns em a América têm mais em comum com cães trazidos por os colonos europeus . As diferenças entre as raças caninas atuais de o lulu-da-Pomerânia a o pastor alemão são todas resultados de cruzamentos seletivos em os últimos 500 anos . E todos esses bichos com o nome científico Canis familiaris descendem de o lobo o Canis lupus . A rapidez de a disseminação de os cachorros com seus donos humanos indica que eles deviam ser particularmente úteis a os primitivos caçadores-coletores . Os estudos envolveram análise de o DNA de uma estrutura de as células , as mitocôndrias , que é transmitido apenas por as mães . Computando semelhanças e diferenças , os cientistas estimaram que a domesticação deve ter ocorrido 15 mil anos atrás , embora também possa ter acontecido antes ( há 40 mil anos ) .
Seja um poodle ou um pitbull , um cocker spaniel ou um dinamarquês , o seu cachorro e os de os seus amigos têm uma origem comum : todos eles descendem de lobos domesticados por a primeira vez em o leste de a Ásia , há possivelmente meros 15 mil anos . Meros porque esse período é muito curto em termos de evolução . Os primeiros animais aparentados com os cachorros modernos os primeiros canídeos , foram identificados em fósseis de 37 milhões de anos achados em a América_do_Norte e aparecem em a forma de fósseis em a Europa há 7 milhões de anos . Apesar_de os lobos já estarem em o continente americano há dezenas de milhares de anos , os cachorros modernos só fizeram a viagem de volta de a Eurásia a as Américas entre 12 mil e 14 mil anos atrás , acompanhando levas migratórias humanas . [Dois estudos sobre o material genético de os cães [28]] publicados hoje em a revista Science ( www.sciencemag.org ) revelaram que , diferentemente de o que indicavam os achados arqueológicos , os primeiros cães domésticos surgiram em o Extremo_Oriente , e não em o Oriente_Médio . E que , apesar_da a sua longa permanência em as Américas , a grande maioria de os cães de o continente veio mesmo de a Europa depois de a descoberta de Cristóvão_Colombo , em 1492 . [Um de os estudos , [28]] feito por cientistas suecos e chineses , envolveu a análise de o DNA de cachorros de várias partes de o planeta . A equipe de Peter_Savolainen , de o Instituto_Real_de_Tecnologia , de Estocolmo , Suécia , constatou que a diversidade genética era maior entre os cães de o leste asiático . Isso indicaria que a domesticação ali seria mais antiga , apesar_de mais fósseis de cães domésticos terem sido achados em o Oriente_Médio . Como também havia lobos selvagens em as Américas antes de a chegada de os humanos , outros cientistas quiseram testar as hipóteses de como e quando teria ocorrido a domesticação em o novo continente . Teria havido uma domesticação independente , ou os cães vieram junto com as migrações humanas via estreito de Bering , entre Rússia e Alasca? . Cães indígenas . Jennifer_Leonard , de a Universidade_da_Califórnia em Los_Angeles , e colegas de instituições de o Peru e de o México procuraram verificar o material genético de raças de cachorro sabidamente anteriores a a chegada de os europeus . A análise levou a duas conclusões : primeiro , as raças indígenas são tão parecidas com as asiáticas que permitem supor que os cães tenham chegado já domesticados a o continente . Depois , havia diferenças que indicavam que as raças hoje comuns em a América têm mais em comum com cães trazidos por os colonos europeus . As diferenças entre as raças caninas atuais de o lulu-da-Pomerânia a o pastor alemão são todas resultados de cruzamentos seletivos em os últimos 500 anos . E todos esses bichos com o nome científico Canis familiaris descendem de o lobo o Canis lupus . A rapidez de a disseminação de os cachorros com seus donos humanos indica que eles deviam ser particularmente úteis a os primitivos caçadores-coletores . [Os estudos [28]] envolveram análise de o DNA de uma estrutura de as células , as mitocôndrias , que é transmitido apenas por as mães . Computando semelhanças e diferenças , os cientistas estimaram que a domesticação deve ter ocorrido 15 mil anos atrás , embora também possa ter acontecido antes ( há 40 mil anos ) .
Seja um poodle ou um pitbull , um cocker spaniel ou um dinamarquês , o seu cachorro e os de os seus amigos têm uma origem comum : todos eles descendem de lobos domesticados por a primeira vez em o leste de a Ásia , há possivelmente meros 15 mil anos . Meros porque esse período é muito curto em termos de evolução . Os primeiros animais aparentados com os cachorros modernos os primeiros canídeos , foram identificados em fósseis de 37 milhões de anos achados em a América_do_Norte e aparecem em a forma de fósseis em a Europa há 7 milhões de anos . Apesar_de os lobos já estarem em o continente americano há dezenas de milhares de anos , os cachorros modernos só fizeram a viagem de volta de a Eurásia a as Américas entre 12 mil e 14 mil anos atrás , acompanhando levas migratórias humanas . Dois estudos sobre o material genético de os cães publicados hoje em [a revista [30]] [Science [30]] ( [www.sciencemag.org [30]] ) revelaram que , diferentemente de o que indicavam os achados arqueológicos , os primeiros cães domésticos surgiram em o Extremo_Oriente , e não em o Oriente_Médio . E que , apesar_da a sua longa permanência em as Américas , a grande maioria de os cães de o continente veio mesmo de a Europa depois de a descoberta de Cristóvão_Colombo , em 1492 . Um de os estudos , feito por cientistas suecos e chineses , envolveu a análise de o DNA de cachorros de várias partes de o planeta . A equipe de Peter_Savolainen , de o Instituto_Real_de_Tecnologia , de Estocolmo , Suécia , constatou que a diversidade genética era maior entre os cães de o leste asiático . Isso indicaria que a domesticação ali seria mais antiga , apesar_de mais fósseis de cães domésticos terem sido achados em o Oriente_Médio . Como também havia lobos selvagens em as Américas antes de a chegada de os humanos , outros cientistas quiseram testar as hipóteses de como e quando teria ocorrido a domesticação em o novo continente . Teria havido uma domesticação independente , ou os cães vieram junto com as migrações humanas via estreito de Bering , entre Rússia e Alasca? . Cães indígenas . Jennifer_Leonard , de a Universidade_da_Califórnia em Los_Angeles , e colegas de instituições de o Peru e de o México procuraram verificar o material genético de raças de cachorro sabidamente anteriores a a chegada de os europeus . A análise levou a duas conclusões : primeiro , as raças indígenas são tão parecidas com as asiáticas que permitem supor que os cães tenham chegado já domesticados a o continente . Depois , havia diferenças que indicavam que as raças hoje comuns em a América têm mais em comum com cães trazidos por os colonos europeus . As diferenças entre as raças caninas atuais de o lulu-da-Pomerânia a o pastor alemão são todas resultados de cruzamentos seletivos em os últimos 500 anos . E todos esses bichos com o nome científico Canis familiaris descendem de o lobo o Canis lupus . A rapidez de a disseminação de os cachorros com seus donos humanos indica que eles deviam ser particularmente úteis a os primitivos caçadores-coletores . Os estudos envolveram análise de o DNA de uma estrutura de as células , as mitocôndrias , que é transmitido apenas por as mães . Computando semelhanças e diferenças , os cientistas estimaram que a domesticação deve ter ocorrido 15 mil anos atrás , embora também possa ter acontecido antes ( há 40 mil anos ) .
Seja um poodle ou um pitbull , um cocker spaniel ou um dinamarquês , o seu cachorro e os de os seus amigos têm uma origem comum : todos eles descendem de lobos domesticados por a primeira vez em o leste de a Ásia , há possivelmente meros 15 mil anos . Meros porque esse período é muito curto em termos de evolução . Os primeiros animais aparentados com os cachorros modernos os primeiros canídeos , foram identificados em fósseis de 37 milhões de anos achados em a América_do_Norte e aparecem em a forma de fósseis em a Europa há 7 milhões de anos . Apesar_de os lobos já estarem em o continente americano há dezenas de milhares de anos , os cachorros modernos só fizeram a viagem de volta de a Eurásia a as Américas entre 12 mil e 14 mil anos atrás , acompanhando levas migratórias humanas . Dois estudos sobre o material genético de os cães publicados hoje em a revista Science ( www.sciencemag.org ) revelaram que , diferentemente de o que indicavam os achados arqueológicos , os primeiros cães domésticos surgiram em o Extremo_Oriente , e não em o Oriente_Médio . E que , apesar_da a sua longa permanência em as Américas , a grande maioria de os cães de o continente veio mesmo de a Europa depois de a descoberta de Cristóvão_Colombo , em 1492 . Um de os estudos , feito por cientistas suecos e chineses , envolveu a análise de o DNA de cachorros de várias partes de o planeta . A equipe de Peter_Savolainen , de o Instituto_Real_de_Tecnologia , de Estocolmo , Suécia , constatou que [a diversidade genética [49]] era maior entre os cães de o leste asiático . Isso indicaria que a domesticação ali seria mais antiga , apesar_de mais fósseis de cães domésticos terem sido achados em o Oriente_Médio . Como também havia lobos selvagens em as Américas antes de a chegada de os humanos , outros cientistas quiseram testar as hipóteses de como e quando teria ocorrido a domesticação em o novo continente . Teria havido uma domesticação independente , ou os cães vieram junto com as migrações humanas via estreito de Bering , entre Rússia e Alasca? . Cães indígenas . Jennifer_Leonard , de a Universidade_da_Califórnia em Los_Angeles , e colegas de instituições de o Peru e de o México procuraram verificar o material genético de raças de cachorro sabidamente anteriores a a chegada de os europeus . A análise levou a duas conclusões : primeiro , as raças indígenas são tão parecidas com as asiáticas que permitem supor que os cães tenham chegado já domesticados a o continente . Depois , havia [diferenças [49]] que indicavam que as raças hoje comuns em a América têm mais em comum com cães trazidos por os colonos europeus . As diferenças entre as raças caninas atuais de o lulu-da-Pomerânia a o pastor alemão são todas resultados de cruzamentos seletivos em os últimos 500 anos . E todos esses bichos com o nome científico Canis familiaris descendem de o lobo o Canis lupus . A rapidez de a disseminação de os cachorros com seus donos humanos indica que eles deviam ser particularmente úteis a os primitivos caçadores-coletores . Os estudos envolveram análise de o DNA de uma estrutura de as células , as mitocôndrias , que é transmitido apenas por as mães . Computando semelhanças e [diferenças [49]] , os cientistas estimaram que a domesticação deve ter ocorrido 15 mil anos atrás , embora também possa ter acontecido antes ( há 40 mil anos ) .
Seja um poodle ou um pitbull , um cocker spaniel ou um dinamarquês , o seu cachorro e os de os seus amigos têm uma origem comum : todos eles descendem de lobos domesticados por a primeira vez em o leste de a Ásia , há possivelmente meros 15 mil anos . Meros porque esse período é muito curto em termos de evolução . Os primeiros animais aparentados com os cachorros modernos os primeiros canídeos , foram identificados em fósseis de 37 milhões de anos achados em a América_do_Norte e aparecem em a forma de fósseis em a Europa há 7 milhões de anos . Apesar_de os lobos já estarem em o continente americano há dezenas de milhares de anos , os cachorros modernos só fizeram a viagem de volta de a Eurásia a as Américas entre 12 mil e 14 mil anos atrás , acompanhando levas migratórias humanas . Dois estudos sobre o material genético de os cães publicados hoje em a revista Science ( www.sciencemag.org ) revelaram que , diferentemente de o que indicavam os achados arqueológicos , os primeiros cães domésticos surgiram em o Extremo_Oriente , e não em o Oriente_Médio . E que , apesar_da a sua longa permanência em as Américas , a grande maioria de os cães de o continente veio mesmo de a Europa depois de a descoberta de Cristóvão_Colombo , em 1492 . Um de os estudos , feito por cientistas suecos e chineses , envolveu a análise de o DNA de cachorros de várias partes de o planeta . A equipe de Peter_Savolainen , de o Instituto_Real_de_Tecnologia , de Estocolmo , Suécia , constatou que a diversidade genética era maior entre os cães de o leste asiático . Isso indicaria que [a domesticação [52]] ali seria mais antiga , apesar_de mais fósseis de cães domésticos terem sido achados em o Oriente_Médio . Como também havia lobos selvagens em as Américas antes de a chegada de os humanos , outros cientistas quiseram testar as hipóteses de como e quando teria ocorrido a [domesticação [52]] em o novo continente . Teria havido uma domesticação independente , ou os cães vieram junto com as migrações humanas via estreito de Bering , entre Rússia e Alasca? . Cães indígenas . Jennifer_Leonard , de a Universidade_da_Califórnia em Los_Angeles , e colegas de instituições de o Peru e de o México procuraram verificar o material genético de raças de cachorro sabidamente anteriores a a chegada de os europeus . A análise levou a duas conclusões : primeiro , as raças indígenas são tão parecidas com as asiáticas que permitem supor que os cães tenham chegado já domesticados a o continente . Depois , havia diferenças que indicavam que as raças hoje comuns em a América têm mais em comum com cães trazidos por os colonos europeus . As diferenças entre as raças caninas atuais de o lulu-da-Pomerânia a o pastor alemão são todas resultados de cruzamentos seletivos em os últimos 500 anos . E todos esses bichos com o nome científico Canis familiaris descendem de o lobo o Canis lupus . A rapidez de a disseminação de os cachorros com seus donos humanos indica que eles deviam ser particularmente úteis a os primitivos caçadores-coletores . Os estudos envolveram análise de o DNA de uma estrutura de as células , as mitocôndrias , que é transmitido apenas por as mães . Computando semelhanças e diferenças , os cientistas estimaram que [a domesticação [52]] deve ter ocorrido 15 mil anos atrás , embora também possa ter acontecido antes ( há 40 mil anos ) .
Seja um poodle ou um pitbull , um cocker spaniel ou um dinamarquês , o seu cachorro e os de os seus amigos têm uma origem comum : todos eles descendem de lobos domesticados por [a primeira vez [9]] em o leste de a Ásia , há possivelmente meros 15 mil anos . Meros porque esse período é muito curto em [termos [9]] de evolução . Os primeiros animais aparentados com os cachorros modernos os primeiros canídeos , foram identificados em fósseis de 37 milhões de anos achados em a América_do_Norte e aparecem em a forma de fósseis em a Europa há 7 milhões de anos . Apesar_de os lobos já estarem em o continente americano há dezenas de milhares de anos , os cachorros modernos só fizeram a viagem de volta de a Eurásia a as Américas entre 12 mil e 14 mil anos atrás , acompanhando levas migratórias humanas . Dois estudos sobre o material genético de os cães publicados hoje em a revista Science ( www.sciencemag.org ) revelaram que , diferentemente de o que indicavam os achados arqueológicos , os primeiros cães domésticos surgiram em o Extremo_Oriente , e não em o Oriente_Médio . E que , apesar_da a sua longa permanência em as Américas , a grande maioria de os cães de o continente veio mesmo de a Europa depois de a descoberta de Cristóvão_Colombo , em 1492 . Um de os estudos , feito por cientistas suecos e chineses , envolveu a análise de o DNA de cachorros de várias partes de o planeta . A equipe de Peter_Savolainen , de o Instituto_Real_de_Tecnologia , de Estocolmo , Suécia , constatou que a diversidade genética era maior entre os cães de o leste asiático . Isso indicaria que a domesticação ali seria mais antiga , apesar_de mais fósseis de cães domésticos terem sido achados em o Oriente_Médio . Como também havia lobos selvagens em as Américas antes de a chegada de os humanos , outros cientistas quiseram testar as hipóteses de como e quando teria ocorrido a domesticação em o novo continente . Teria havido uma domesticação independente , ou os cães vieram junto com as migrações humanas via estreito de Bering , entre Rússia e Alasca? . Cães indígenas . Jennifer_Leonard , de a Universidade_da_Califórnia em Los_Angeles , e colegas de instituições de o Peru e de o México procuraram verificar o material genético de raças de cachorro sabidamente anteriores a a chegada de os europeus . A análise levou a duas conclusões : primeiro , as raças indígenas são tão parecidas com as asiáticas que permitem supor que os cães tenham chegado já domesticados a o continente . Depois , havia diferenças que indicavam que as raças hoje comuns em a América têm mais em comum com cães trazidos por os colonos europeus . As diferenças entre as raças caninas atuais de o lulu-da-Pomerânia a o pastor alemão são todas resultados de cruzamentos seletivos em os últimos 500 anos . E todos esses bichos com o nome científico Canis familiaris descendem de o lobo o Canis lupus . A rapidez de a disseminação de os cachorros com seus donos humanos indica que eles deviam ser particularmente úteis a os primitivos caçadores-coletores . Os estudos envolveram análise de o DNA de uma estrutura de as células , as mitocôndrias , que é transmitido apenas por as mães . Computando semelhanças e diferenças , os cientistas estimaram que a domesticação deve ter ocorrido 15 mil anos atrás , embora também possa ter acontecido antes ( há 40 mil anos ) .
Seja um poodle ou um pitbull , um cocker spaniel ou um dinamarquês , o seu cachorro e os de os seus amigos têm uma origem comum : todos eles descendem de lobos domesticados por a primeira vez em o leste de a Ásia , há possivelmente [meros 15 mil anos [11]] . [Meros [11]] porque esse período é muito curto em termos de evolução . Os primeiros animais aparentados com os cachorros modernos os primeiros canídeos , foram identificados em fósseis de 37 milhões de anos achados em a América_do_Norte e aparecem em a forma de fósseis em a Europa há 7 milhões de anos . Apesar_de os lobos já estarem em o continente americano há dezenas de milhares de anos , os cachorros modernos só fizeram a viagem de volta de a Eurásia a as Américas entre 12 mil e 14 mil anos atrás , acompanhando levas migratórias humanas . Dois estudos sobre o material genético de os cães publicados hoje em a revista Science ( www.sciencemag.org ) revelaram que , diferentemente de o que indicavam os achados arqueológicos , os primeiros cães domésticos surgiram em o Extremo_Oriente , e não em o Oriente_Médio . E que , apesar_da a sua longa permanência em as Américas , a grande maioria de os cães de o continente veio mesmo de a Europa depois de a descoberta de Cristóvão_Colombo , em 1492 . Um de os estudos , feito por cientistas suecos e chineses , envolveu a análise de o DNA de cachorros de várias partes de o planeta . A equipe de Peter_Savolainen , de o Instituto_Real_de_Tecnologia , de Estocolmo , Suécia , constatou que a diversidade genética era maior entre os cães de o leste asiático . Isso indicaria que a domesticação ali seria mais antiga , apesar_de mais fósseis de cães domésticos terem sido achados em o Oriente_Médio . Como também havia lobos selvagens em as Américas antes de a chegada de os humanos , outros cientistas quiseram testar as hipóteses de como e quando teria ocorrido a domesticação em o novo continente . Teria havido uma domesticação independente , ou os cães vieram junto com as migrações humanas via estreito de Bering , entre Rússia e Alasca? . Cães indígenas . Jennifer_Leonard , de a Universidade_da_Califórnia em Los_Angeles , e colegas de instituições de o Peru e de o México procuraram verificar o material genético de raças de cachorro sabidamente anteriores a a chegada de os europeus . A análise levou a duas conclusões : primeiro , as raças indígenas são tão parecidas com as asiáticas que permitem supor que os cães tenham chegado já domesticados a o continente . Depois , havia diferenças que indicavam que as raças hoje comuns em a América têm mais em comum com cães trazidos por os colonos europeus . As diferenças entre as raças caninas atuais de o lulu-da-Pomerânia a o pastor alemão são todas resultados de cruzamentos seletivos em os últimos 500 anos . E todos esses bichos com o nome científico Canis familiaris descendem de o lobo o Canis lupus . A rapidez de a disseminação de os cachorros com seus donos humanos indica que eles deviam ser particularmente úteis a os primitivos caçadores-coletores . Os estudos envolveram análise de o DNA de uma estrutura de as células , as mitocôndrias , que é transmitido apenas por as mães . Computando semelhanças e diferenças , os cientistas estimaram que a domesticação deve ter ocorrido 15 mil anos atrás , embora também possa ter acontecido antes ( há 40 mil anos ) .
Seja um poodle ou um pitbull , um cocker spaniel ou um dinamarquês , o seu cachorro e os de os seus amigos têm uma origem comum : todos eles descendem de lobos domesticados por a primeira vez em o leste de a Ásia , há possivelmente meros 15 mil anos . Meros porque esse período é muito curto em termos de evolução . Os primeiros animais aparentados com os cachorros modernos os primeiros canídeos , foram identificados em [fósseis [17]] [17]] de 37 milhões de anos achados em a América_do_Norte e aparecem em a forma de fósseis em a Europa há 7 milhões de anos . Apesar_de os lobos já estarem em o continente americano há dezenas de milhares de anos , os cachorros modernos só fizeram a viagem de volta de a Eurásia a as Américas entre 12 mil e 14 mil anos atrás , acompanhando levas migratórias humanas . Dois estudos sobre o material genético de os cães publicados hoje em a revista Science ( www.sciencemag.org ) revelaram que , diferentemente de o que indicavam os achados arqueológicos , os primeiros cães domésticos surgiram em o Extremo_Oriente , e não em o Oriente_Médio . E que , apesar_da a sua longa permanência em as Américas , a grande maioria de os cães de o continente veio mesmo de a Europa depois de a descoberta de Cristóvão_Colombo , em 1492 . Um de os estudos , feito por cientistas suecos e chineses , envolveu a análise de o DNA de cachorros de várias partes de o planeta . A equipe de Peter_Savolainen , de o Instituto_Real_de_Tecnologia , de Estocolmo , Suécia , constatou que a diversidade genética era maior entre os cães de o leste asiático . Isso indicaria que a domesticação ali seria mais antiga , apesar_de mais fósseis de cães domésticos terem sido achados em o Oriente_Médio . Como também havia lobos selvagens em as Américas antes de a chegada de os humanos , outros cientistas quiseram testar as hipóteses de como e quando teria ocorrido a domesticação em o novo continente . Teria havido uma domesticação independente , ou os cães vieram junto com as migrações humanas via estreito de Bering , entre Rússia e Alasca? . Cães indígenas . Jennifer_Leonard , de a Universidade_da_Califórnia em Los_Angeles , e colegas de instituições de o Peru e de o México procuraram verificar o material genético de raças de cachorro sabidamente anteriores a a chegada de os europeus . A análise levou a duas conclusões : primeiro , as raças indígenas são tão parecidas com as asiáticas que permitem supor que os cães tenham chegado já domesticados a o continente . Depois , havia diferenças que indicavam que as raças hoje comuns em a América têm mais em comum com cães trazidos por os colonos europeus . As diferenças entre as raças caninas atuais de o lulu-da-Pomerânia a o pastor alemão são todas resultados de cruzamentos seletivos em os últimos 500 anos . E todos esses bichos com o nome científico Canis familiaris descendem de o lobo o Canis lupus . A rapidez de a disseminação de os cachorros com seus donos humanos indica que eles deviam ser particularmente úteis a os primitivos caçadores-coletores . Os estudos envolveram análise de o DNA de uma estrutura de as células , as mitocôndrias , que é transmitido apenas por as mães . Computando semelhanças e diferenças , os cientistas estimaram que a domesticação deve ter ocorrido 15 mil anos atrás , embora também possa ter acontecido antes ( há 40 mil anos ) .
Seja um poodle ou um pitbull , um cocker spaniel ou um dinamarquês , o seu cachorro e os de os seus amigos têm uma origem comum : todos eles descendem de lobos domesticados por a primeira vez em o leste de a Ásia , há possivelmente meros 15 mil anos . Meros porque esse período é muito curto em termos de evolução . Os primeiros animais aparentados com os cachorros modernos os primeiros canídeos , foram identificados em fósseis de 37 milhões de anos achados em [a América_do_Norte [19]] e aparecem em a forma de fósseis em a Europa há 7 milhões de anos . Apesar_de os lobos já estarem em o continente americano há dezenas de milhares de anos , os cachorros modernos só fizeram a viagem de volta de a Eurásia a as Américas entre 12 mil e 14 mil anos atrás , acompanhando levas migratórias humanas . Dois estudos sobre o material genético de os cães publicados hoje em a revista Science ( www.sciencemag.org ) revelaram que , diferentemente de o que indicavam os achados arqueológicos , os primeiros cães domésticos surgiram em o Extremo_Oriente , e não em o Oriente_Médio . E que , apesar_da a sua longa permanência em as Américas , a grande maioria de os cães de o continente veio mesmo de a Europa depois de a descoberta de Cristóvão_Colombo , em 1492 . Um de os estudos , feito por cientistas suecos e chineses , envolveu a análise de o DNA de cachorros de várias partes de o planeta . A equipe de Peter_Savolainen , de o Instituto_Real_de_Tecnologia , de Estocolmo , Suécia , constatou que a diversidade genética era maior entre os cães de o leste asiático . Isso indicaria que a domesticação ali seria mais antiga , apesar_de mais fósseis de cães domésticos terem sido achados em o Oriente_Médio . Como também havia lobos selvagens em as Américas antes de a chegada de os humanos , outros cientistas quiseram testar as hipóteses de como e quando teria ocorrido a domesticação em o novo continente . Teria havido uma domesticação independente , ou os cães vieram junto com as migrações humanas via estreito de Bering , entre Rússia e Alasca? . Cães indígenas . Jennifer_Leonard , de a Universidade_da_Califórnia em Los_Angeles , e colegas de instituições de o Peru e de o México procuraram verificar o material genético de raças de cachorro sabidamente anteriores a a chegada de os europeus . A análise levou a duas conclusões : primeiro , as raças indígenas são tão parecidas com as asiáticas que permitem supor que os cães tenham chegado já domesticados a o continente . Depois , havia diferenças que indicavam que as raças hoje comuns em [a América [19]] têm mais em comum com cães trazidos por os colonos europeus . As diferenças entre as raças caninas atuais de o lulu-da-Pomerânia a o pastor alemão são todas resultados de cruzamentos seletivos em os últimos 500 anos . E todos esses bichos com o nome científico Canis familiaris descendem de o lobo o Canis lupus . A rapidez de a disseminação de os cachorros com seus donos humanos indica que eles deviam ser particularmente úteis a os primitivos caçadores-coletores . Os estudos envolveram análise de o DNA de uma estrutura de as células , as mitocôndrias , que é transmitido apenas por as mães . Computando semelhanças e diferenças , os cientistas estimaram que a domesticação deve ter ocorrido 15 mil anos atrás , embora também possa ter acontecido antes ( há 40 mil anos ) .
Seja um poodle ou um pitbull , um cocker spaniel ou um dinamarquês , o seu cachorro e os de os seus amigos têm uma origem comum : todos eles descendem de lobos domesticados por a primeira vez em o leste de a Ásia , há possivelmente meros 15 mil anos . Meros porque esse período é muito curto em termos de evolução . Os primeiros animais aparentados com os cachorros modernos os primeiros canídeos , foram identificados em fósseis de 37 milhões de anos achados em a América_do_Norte e aparecem em a forma de fósseis em [a Europa [21]] há 7 milhões de anos . Apesar_de os lobos já estarem em o continente americano há dezenas de milhares de anos , os cachorros modernos só fizeram a viagem de volta de a Eurásia a as Américas entre 12 mil e 14 mil anos atrás , acompanhando levas migratórias humanas . Dois estudos sobre o material genético de os cães publicados hoje em a revista Science ( www.sciencemag.org ) revelaram que , diferentemente de o que indicavam os achados arqueológicos , os primeiros cães domésticos surgiram em o Extremo_Oriente , e não em o Oriente_Médio . E que , apesar_da a sua longa permanência em as Américas , a grande maioria de os cães de o continente veio mesmo de [a Europa [21]] depois de a descoberta de Cristóvão_Colombo , em 1492 . Um de os estudos , feito por cientistas suecos e chineses , envolveu a análise de o DNA de cachorros de várias partes de o planeta . A equipe de Peter_Savolainen , de o Instituto_Real_de_Tecnologia , de Estocolmo , Suécia , constatou que a diversidade genética era maior entre os cães de o leste asiático . Isso indicaria que a domesticação ali seria mais antiga , apesar_de mais fósseis de cães domésticos terem sido achados em o Oriente_Médio . Como também havia lobos selvagens em as Américas antes de a chegada de os humanos , outros cientistas quiseram testar as hipóteses de como e quando teria ocorrido a domesticação em o novo continente . Teria havido uma domesticação independente , ou os cães vieram junto com as migrações humanas via estreito de Bering , entre Rússia e Alasca? . Cães indígenas . Jennifer_Leonard , de a Universidade_da_Califórnia em Los_Angeles , e colegas de instituições de o Peru e de o México procuraram verificar o material genético de raças de cachorro sabidamente anteriores a a chegada de os europeus . A análise levou a duas conclusões : primeiro , as raças indígenas são tão parecidas com as asiáticas que permitem supor que os cães tenham chegado já domesticados a o continente . Depois , havia diferenças que indicavam que as raças hoje comuns em a América têm mais em comum com cães trazidos por os colonos europeus . As diferenças entre as raças caninas atuais de o lulu-da-Pomerânia a o pastor alemão são todas resultados de cruzamentos seletivos em os últimos 500 anos . E todos esses bichos com o nome científico Canis familiaris descendem de o lobo o Canis lupus . A rapidez de a disseminação de os cachorros com seus donos humanos indica que eles deviam ser particularmente úteis a os primitivos caçadores-coletores . Os estudos envolveram análise de o DNA de uma estrutura de as células , as mitocôndrias , que é transmitido apenas por as mães . Computando semelhanças e diferenças , os cientistas estimaram que a domesticação deve ter ocorrido 15 mil anos atrás , embora também possa ter acontecido antes ( há 40 mil anos ) .
Seja um poodle ou um pitbull , um cocker spaniel ou um dinamarquês , o seu cachorro e os de os seus amigos têm uma origem comum : todos eles descendem de lobos domesticados por a primeira vez em o leste de a Ásia , há possivelmente meros 15 mil anos . Meros porque esse período é muito curto em termos de evolução . Os primeiros animais aparentados com os cachorros modernos os primeiros canídeos , foram identificados em fósseis de 37 milhões de anos achados em a América_do_Norte e aparecem em a forma de fósseis em a Europa há 7 milhões de anos . Apesar_de os lobos já estarem em o continente americano há dezenas de milhares de anos , os cachorros modernos só fizeram a viagem de volta de a Eurásia a as Américas entre 12 mil e 14 mil anos atrás , acompanhando levas migratórias humanas . Dois estudos sobre [o material genético [29]] de os cães publicados hoje em a revista Science ( www.sciencemag.org ) revelaram que , diferentemente de o que indicavam os achados arqueológicos , os primeiros cães domésticos surgiram em o Extremo_Oriente , e não em o Oriente_Médio . E que , apesar_da a sua longa permanência em as Américas , a grande maioria de os cães de o continente veio mesmo de a Europa depois de a descoberta de Cristóvão_Colombo , em 1492 . Um de os estudos , feito por cientistas suecos e chineses , envolveu a análise de o DNA de cachorros de várias partes de o planeta . A equipe de Peter_Savolainen , de o Instituto_Real_de_Tecnologia , de Estocolmo , Suécia , constatou que a diversidade genética era maior entre os cães de o leste asiático . Isso indicaria que a domesticação ali seria mais antiga , apesar_de mais fósseis de cães domésticos terem sido achados em o Oriente_Médio . Como também havia lobos [selvagens [29]] em as Américas antes de a chegada de os humanos , outros cientistas quiseram testar as hipóteses de como e quando teria ocorrido a domesticação em o novo continente . Teria havido uma domesticação independente , ou os cães vieram junto com as migrações humanas via estreito de Bering , entre Rússia e Alasca? . Cães indígenas . Jennifer_Leonard , de a Universidade_da_Califórnia em Los_Angeles , e colegas de instituições de o Peru e de o México procuraram verificar o material genético de raças de cachorro sabidamente anteriores a a chegada de os europeus . A análise levou a duas conclusões : primeiro , as raças indígenas são tão parecidas com as asiáticas que permitem supor que os cães tenham chegado já domesticados a o continente . Depois , havia diferenças que indicavam que as raças hoje comuns em a América têm mais em comum com cães trazidos por os colonos europeus . As diferenças entre as raças caninas atuais de o lulu-da-Pomerânia a o pastor alemão são todas resultados de cruzamentos seletivos em os últimos 500 anos . E todos esses bichos com o nome científico Canis familiaris descendem de o lobo o Canis lupus . A rapidez de a disseminação de os cachorros com seus donos humanos indica que eles deviam ser particularmente úteis a os primitivos caçadores-coletores . Os estudos envolveram análise de o DNA de uma estrutura de as células , as mitocôndrias , que é transmitido apenas por as mães . Computando semelhanças e diferenças , os cientistas estimaram que a domesticação deve ter ocorrido 15 mil anos atrás , embora também possa ter acontecido antes ( há 40 mil anos ) .
Seja um poodle ou um pitbull , um cocker spaniel ou um dinamarquês , o seu cachorro e os de os seus amigos têm uma origem comum : todos eles descendem de lobos domesticados por a primeira vez em o leste de a Ásia , há possivelmente meros 15 mil anos . Meros porque esse período é muito curto em termos de evolução . Os primeiros animais aparentados com os cachorros modernos os primeiros canídeos , foram identificados em fósseis de 37 milhões de anos achados em a América_do_Norte e aparecem em a forma de fósseis em a Europa há 7 milhões de anos . Apesar_de os lobos já estarem em o continente americano há dezenas de milhares de anos , os cachorros modernos só fizeram a viagem de volta de a Eurásia a as Américas entre 12 mil e 14 mil anos atrás , acompanhando levas migratórias humanas . Dois estudos sobre o material genético de os cães publicados hoje em a revista Science ( www.sciencemag.org ) revelaram que , diferentemente de o que indicavam [os achados arqueológicos [31]] , os primeiros cães domésticos surgiram em o Extremo_Oriente , e não em o Oriente_Médio . E que , apesar_da a sua longa permanência em as Américas , a grande maioria de os cães de o continente veio mesmo de a Europa depois de [a descoberta [31]] de Cristóvão_Colombo , em 1492 . Um de os estudos , feito por cientistas suecos e chineses , envolveu a análise de o DNA de cachorros de várias partes de o planeta . A equipe de Peter_Savolainen , de o Instituto_Real_de_Tecnologia , de Estocolmo , Suécia , constatou que a diversidade genética era maior entre os cães de o leste asiático . Isso indicaria que a domesticação ali seria mais antiga , apesar_de mais fósseis de cães domésticos terem sido achados em o Oriente_Médio . Como também havia lobos selvagens em as Américas antes de a chegada de os humanos , outros cientistas quiseram testar as hipóteses de como e quando teria ocorrido a domesticação em o novo continente . Teria havido uma domesticação independente , ou os cães vieram junto com as migrações humanas via estreito de Bering , entre Rússia e Alasca? . Cães indígenas . Jennifer_Leonard , de a Universidade_da_Califórnia em Los_Angeles , e colegas de instituições de o Peru e de o México procuraram verificar o material genético de raças de cachorro sabidamente anteriores a a chegada de os europeus . A análise levou a duas conclusões : primeiro , as raças indígenas são tão parecidas com as asiáticas que permitem supor que os cães tenham chegado já domesticados a o continente . Depois , havia diferenças que indicavam que as raças hoje comuns em a América têm mais em comum com cães trazidos por os colonos europeus . As diferenças entre as raças caninas atuais de o lulu-da-Pomerânia a o pastor alemão são todas resultados de cruzamentos seletivos em os últimos 500 anos . E todos esses bichos com o nome científico Canis familiaris descendem de o lobo o Canis lupus . A rapidez de a disseminação de os cachorros com seus donos humanos indica que eles deviam ser particularmente úteis a os primitivos caçadores-coletores . Os estudos envolveram análise de o DNA de uma estrutura de as células , as mitocôndrias , que é transmitido apenas por as mães . Computando semelhanças e diferenças , os cientistas estimaram que a domesticação deve ter ocorrido 15 mil anos atrás , embora também possa ter acontecido antes ( há 40 mil anos ) .
Seja um poodle ou um pitbull , um cocker spaniel ou um dinamarquês , o seu cachorro e os de os seus amigos têm uma origem comum : todos eles descendem de lobos domesticados por a primeira vez em o leste de a Ásia , há possivelmente meros 15 mil anos . Meros porque esse período é muito curto em termos de evolução . Os primeiros animais aparentados com os cachorros modernos os primeiros canídeos , foram identificados em fósseis de 37 milhões de anos achados em a América_do_Norte e aparecem em a forma de fósseis em a Europa há 7 milhões de anos . Apesar_de os lobos já estarem em o continente americano há dezenas de milhares de anos , os cachorros modernos só fizeram a viagem de volta de a Eurásia a as Américas entre 12 mil e 14 mil anos atrás , acompanhando levas migratórias humanas . Dois estudos sobre o material genético de os cães publicados hoje em a revista Science ( www.sciencemag.org ) revelaram que , diferentemente de o que indicavam os achados arqueológicos , os primeiros cães domésticos surgiram em o Extremo_Oriente , e não em [o Oriente_Médio [34]] . E que , apesar_da a sua longa permanência em as Américas , a grande maioria de os cães de o continente veio mesmo de a Europa depois de a descoberta de Cristóvão_Colombo , em 1492 . Um de os estudos , feito por cientistas suecos e chineses , envolveu a análise de o DNA de cachorros de várias partes de o planeta . A equipe de Peter_Savolainen , de o Instituto_Real_de_Tecnologia , de Estocolmo , Suécia , constatou que a diversidade genética era maior entre os cães de o leste asiático . Isso indicaria que a domesticação ali seria mais antiga , apesar_de mais fósseis de cães domésticos terem sido achados em [o Oriente_Médio [34]] . Como também havia lobos selvagens em as Américas antes de a chegada de os humanos , outros cientistas quiseram testar as hipóteses de como e quando teria ocorrido a domesticação em o novo continente . Teria havido uma domesticação independente , ou os cães vieram junto com as migrações humanas via estreito de Bering , entre Rússia e Alasca? . Cães indígenas . Jennifer_Leonard , de a Universidade_da_Califórnia em Los_Angeles , e colegas de instituições de o Peru e de o México procuraram verificar o material genético de raças de cachorro sabidamente anteriores a a chegada de os europeus . A análise levou a duas conclusões : primeiro , as raças indígenas são tão parecidas com as asiáticas que permitem supor que os cães tenham chegado já domesticados a o continente . Depois , havia diferenças que indicavam que as raças hoje comuns em a América têm mais em comum com cães trazidos por os colonos europeus . As diferenças entre as raças caninas atuais de o lulu-da-Pomerânia a o pastor alemão são todas resultados de cruzamentos seletivos em os últimos 500 anos . E todos esses bichos com o nome científico Canis familiaris descendem de o lobo o Canis lupus . A rapidez de a disseminação de os cachorros com seus donos humanos indica que eles deviam ser particularmente úteis a os primitivos caçadores-coletores . Os estudos envolveram análise de o DNA de uma estrutura de as células , as mitocôndrias , que é transmitido apenas por as mães . Computando semelhanças e diferenças , os cientistas estimaram que a domesticação deve ter ocorrido 15 mil anos atrás , embora também possa ter acontecido antes ( há 40 mil anos ) .
Seja um poodle ou um pitbull , um cocker spaniel ou um dinamarquês , o seu cachorro e os de os seus amigos têm uma origem comum : todos eles descendem de lobos domesticados por a primeira vez em o leste de a Ásia , há possivelmente meros 15 mil anos . Meros porque esse período é muito curto em termos de evolução . Os primeiros animais aparentados com os cachorros modernos os primeiros canídeos , foram identificados em fósseis de 37 milhões de anos achados em a América_do_Norte e aparecem em a forma de fósseis em a Europa há 7 milhões de anos . Apesar_de os lobos já estarem em o continente americano há dezenas de milhares de anos , os cachorros modernos só fizeram a viagem de volta de a Eurásia a as Américas entre 12 mil e 14 mil anos atrás , acompanhando levas migratórias humanas . Dois estudos sobre o material genético de os cães publicados hoje em a revista Science ( www.sciencemag.org ) revelaram que , diferentemente de o que indicavam os achados arqueológicos , os primeiros cães domésticos surgiram em o Extremo_Oriente , e não em o Oriente_Médio . E que , apesar_da a sua longa permanência em as Américas , a grande maioria de os cães de o continente veio mesmo de a Europa depois de a descoberta de Cristóvão_Colombo , em 1492 . Um de os estudos , feito por [cientistas suecos e chineses [39]] , envolveu a análise de o DNA de cachorros de várias partes de o planeta . A equipe de Peter_Savolainen , de o Instituto_Real_de_Tecnologia , de Estocolmo , Suécia , constatou que a diversidade genética era maior entre os cães de o leste asiático . Isso indicaria que a domesticação ali seria mais antiga , apesar_de mais fósseis de cães domésticos terem sido achados em o Oriente_Médio . Como também havia lobos selvagens em as Américas antes de a chegada de os humanos , outros cientistas quiseram testar as hipóteses de como e quando teria ocorrido a domesticação em o novo continente . Teria havido uma domesticação independente , ou os cães vieram junto com as migrações humanas via estreito de Bering , entre Rússia e Alasca? . Cães indígenas . Jennifer_Leonard , de a Universidade_da_Califórnia em Los_Angeles , e colegas de instituições de o Peru e de o México procuraram verificar o material genético de raças de cachorro sabidamente anteriores a a chegada de os europeus . A análise levou a duas conclusões : primeiro , as raças indígenas são tão parecidas com as asiáticas que permitem supor que os cães tenham chegado já domesticados a o continente . Depois , havia diferenças que indicavam que as raças hoje comuns em a América têm mais em comum com cães trazidos por os colonos europeus . As diferenças entre as raças caninas atuais de o lulu-da-Pomerânia a o pastor alemão são todas resultados de cruzamentos seletivos em os últimos 500 anos . E todos esses bichos com o nome científico Canis familiaris descendem de o lobo o Canis lupus . A rapidez de a disseminação de os cachorros com seus donos humanos indica que eles deviam ser particularmente úteis a os primitivos caçadores-coletores . Os estudos envolveram análise de o DNA de uma estrutura de as células , as mitocôndrias , que é transmitido apenas por as mães . Computando semelhanças e diferenças , [os cientistas [39]] estimaram que a domesticação deve ter ocorrido 15 mil anos atrás , embora também possa ter acontecido antes ( há 40 mil anos ) .
Seja um poodle ou um pitbull , um cocker spaniel ou um dinamarquês , o seu cachorro e os de os seus amigos têm uma origem comum : todos eles descendem de lobos domesticados por a primeira vez em o leste de a Ásia , há possivelmente meros 15 mil anos . Meros porque esse período é muito curto em termos de evolução . Os primeiros animais aparentados com os cachorros modernos os primeiros canídeos , foram identificados em fósseis de 37 milhões de anos achados em a América_do_Norte e aparecem em a forma de fósseis em a Europa há 7 milhões de anos . Apesar_de os lobos já estarem em o continente americano há dezenas de milhares de anos , os cachorros modernos só fizeram a viagem de volta de a Eurásia a as Américas entre 12 mil e 14 mil anos atrás , acompanhando levas migratórias humanas . Dois estudos sobre o material genético de os cães publicados hoje em a revista Science ( www.sciencemag.org ) revelaram que , diferentemente de o que indicavam os achados arqueológicos , os primeiros cães domésticos surgiram em o Extremo_Oriente , e não em o Oriente_Médio . E que , apesar_da a sua longa permanência em as Américas , a grande maioria de os cães de o continente veio mesmo de a Europa depois de a descoberta de Cristóvão_Colombo , em 1492 . Um de os estudos , feito por cientistas suecos e chineses , envolveu [a análise de o DNA de cachorros de várias partes de o planeta [40]] . A equipe de Peter_Savolainen , de o Instituto_Real_de_Tecnologia , de Estocolmo , Suécia , constatou que a diversidade genética era maior entre os cães de o leste asiático . Isso indicaria que a domesticação ali seria mais antiga , apesar_de mais fósseis de cães domésticos terem sido achados em o Oriente_Médio . Como também havia lobos selvagens em as Américas antes de a chegada de os humanos , outros cientistas quiseram testar as hipóteses de como e quando teria ocorrido a domesticação em o novo continente . Teria havido uma domesticação independente , ou os cães vieram junto com as migrações humanas via estreito de Bering , entre Rússia e Alasca? . Cães indígenas . Jennifer_Leonard , de a Universidade_da_Califórnia em Los_Angeles , e colegas de instituições de o Peru e de o México procuraram verificar o material genético de raças de cachorro sabidamente anteriores a a chegada de os europeus . [A análise [40]] levou a duas conclusões : primeiro , as raças indígenas são tão parecidas com as asiáticas que permitem supor que os cães tenham chegado já domesticados a o continente . Depois , havia diferenças que indicavam que as raças hoje comuns em a América têm mais em comum com cães trazidos por os colonos europeus . As diferenças entre as raças caninas atuais de o lulu-da-Pomerânia a o pastor alemão são todas resultados de cruzamentos seletivos em os últimos 500 anos . E todos esses bichos com o nome científico Canis familiaris descendem de o lobo o Canis lupus . A rapidez de a disseminação de os cachorros com seus donos humanos indica que eles deviam ser particularmente úteis a os primitivos caçadores-coletores . Os estudos envolveram análise de o DNA de uma estrutura de as células , as mitocôndrias , que é transmitido apenas por as mães . Computando semelhanças e diferenças , os cientistas estimaram que a domesticação deve ter ocorrido 15 mil anos atrás , embora também possa ter acontecido antes ( há 40 mil anos ) .
Seja um poodle ou um pitbull , um cocker spaniel ou um dinamarquês , o seu cachorro e os de os seus amigos têm uma origem comum : todos eles descendem de lobos domesticados por a primeira vez em o leste de a Ásia , há possivelmente meros 15 mil anos . Meros porque esse período é muito curto em termos de evolução . Os primeiros animais aparentados com os cachorros modernos os primeiros canídeos , foram identificados em fósseis de 37 milhões de anos achados em a América_do_Norte e aparecem em a forma de fósseis em a Europa há 7 milhões de anos . Apesar_de os lobos já estarem em o continente americano há dezenas de milhares de anos , os cachorros modernos só fizeram a viagem de volta de a Eurásia a as Américas entre 12 mil e 14 mil anos atrás , acompanhando levas migratórias humanas . Dois estudos sobre o material genético de os cães publicados hoje em a revista Science ( www.sciencemag.org ) revelaram que , diferentemente de o que indicavam os achados arqueológicos , os primeiros cães domésticos surgiram em o Extremo_Oriente , e não em o Oriente_Médio . E que , apesar_da a sua longa permanência em as Américas , a grande maioria de os cães de o continente veio mesmo de a Europa depois de a descoberta de Cristóvão_Colombo , em 1492 . Um de os estudos , feito por cientistas suecos e chineses , envolveu a análise de [o DNA [41]] de cachorros de várias partes de o planeta . A equipe de Peter_Savolainen , de o Instituto_Real_de_Tecnologia , de Estocolmo , Suécia , constatou que a diversidade genética era maior entre os cães de o leste asiático . Isso indicaria que a domesticação ali seria mais antiga , apesar_de mais fósseis de cães domésticos terem sido achados em o Oriente_Médio . Como também havia lobos selvagens em as Américas antes de a chegada de os humanos , outros cientistas quiseram testar as hipóteses de como e quando teria ocorrido a domesticação em o novo continente . Teria havido uma domesticação independente , ou os cães vieram junto com as migrações humanas via estreito de Bering , entre Rússia e Alasca? . Cães indígenas . Jennifer_Leonard , de a Universidade_da_Califórnia em Los_Angeles , e colegas de instituições de o Peru e de o México procuraram verificar o material genético de raças de cachorro sabidamente anteriores a a chegada de os europeus . A análise levou a duas conclusões : primeiro , as raças indígenas são tão parecidas com as asiáticas que permitem supor que os cães tenham chegado já domesticados a o continente . Depois , havia diferenças que indicavam que as raças hoje comuns em a América têm mais em comum com cães trazidos por os colonos europeus . As diferenças entre as raças caninas atuais de o lulu-da-Pomerânia a o pastor alemão são todas resultados de cruzamentos seletivos em os últimos 500 anos . E todos esses bichos com o nome científico Canis familiaris descendem de o lobo o Canis lupus . A rapidez de a disseminação de os cachorros com seus donos humanos indica que eles deviam ser particularmente úteis a os primitivos caçadores-coletores . Os estudos envolveram análise de [o DNA [41]] de uma estrutura de as células , as mitocôndrias , que é transmitido apenas por as mães . Computando semelhanças e diferenças , os cientistas estimaram que a domesticação deve ter ocorrido 15 mil anos atrás , embora também possa ter acontecido antes ( há 40 mil anos ) .